Páginas

Assista nossos Programas

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

CATe oferece diversos serviços a partir do dia 3 de novembro

Na próxima quarta-feira, 4 de novembro, às 9h, o Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe), da Secretaria Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Empreendedorismo (SDTE), realizará a oficina de orientação ao trabalho com o tema “Educação e Qualificação para o Mercado de Trabalho”.

A atividade orienta candidatos a elaborarem currículos mais atrativos, como se comportar durante entrevistas de emprego ou dinâmicas, além de ajudar os participantes a traçarem seu perfil profissional.

As oficinas acontecem gratuitamente em diversas unidades, é preciso ter no mínimo 16 anos de idade e não é necessário fazer inscrição para participar.

Confira aqui as unidades participantes.

Unidades Móveis - As unidades móveis do CATe, não terão atendimento entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro, em decorrência do feriado do Servidor Público e de Finados. O novo cronograma de atendimento terá inicio a partir da próxima terça-feira, 3, das 8h às 17h.

Durante os dias úteis, o CATe Móvel levará aos munícipes os principais serviços das unidades fixas como busca por oportunidades de emprego, habilitação do seguro-desemprego e emissão da carteira de trabalho. Os microempreendedores também podem utilizar os serviços do Microempreendedor Individual (MEI) para formalizar o seu negócio.

No sábado, 7, o CATe Móvel atenderá na Jornada da Cidadania CEU Caminho do Mar, realizado pelo Centro de Integração da Cidadania, na zona sul da capital. Serão oferecidas também atividades referentes à educação em direitos, orientação jurídica e documentação, acupuntura, atendimento odontológico, entre outras.

Já na região leste, crianças de até 10 anos poderão participar da 8ª Alegria na Rua – Expansão Ágape, que além do atendimento do CATe Móvel para os adultos, também oferecerá serviços voltados às crianças. Entre eles estão sorteio de brinquedos, corte de cabelo, atendimento pediátrico, doação de brinquedos e roupas.

Para utilizar os serviços da SDTE é necessário apresentar RG, CPF, carteira de trabalho e número do PIS. Sendo que para participar das oficinas é preciso ter também, no mínimo 16 anos de idade.

Mais informações em www.prefeitura.sp.gov.br/trabalho ou pela Central de Atendimento ao Munícipe 156.

Confira a programação de atendimento de 3 a 6 de novembro, das 8h às 17h

Região Sul
Caravana do Desenvolvimento Local e Trabalho Decente (com MEI Móvel)

Dia 3 - Rua Amaro de Pontes (ao lado da igreja Santa Cruz)
Dia 4 - Rua Maria Costa Bezerra, s/nº (ao lado do Supermercado Fantástico) - Recanto Campo Belo
Dia 5 - Rua das Palmeiras, 70 (ao lado Supermercado Ayumi) - Vargem Grande
Dia 6 - Rua Luigi de Caruso, 10 - Jardim São Norberto

Ação Integrada Prefeitura no Bairro - Campo Limpo (com MEI Móvel)
Rua Domingos Sequeira, s/nº

*Programa Einstein na Comunidade Paraisópolis
Rua Ernest Renan, 1068

Região Central
Praça da República, s/nº

Eventos no dia 7 de novembro

*Jornada da Cidadania CEU Caminho do Mar - CIC
Horário: das 10h às 16h
Local: Avenida Engenheiro Armando Arruda Pereira, 5241 - Jabaquara
Contato: 5021-5188 (Ana Clara)

*5ª Feira do Emprego - Projeto Arrastão
Horário: das 8h às 16h
Local: Rua Doutor Joaviano Pacheco Aguirre, 255 - Campo Limpo
Contato: 5843-3350 (Fernanda)

*Sábado Cultural Vivenda da Criança
Horário: das 10h às 16h
Local: Rua Henrique Hessel, 300 - Parelheiros
Contato: 5920-8492 (Sandra/Joyce)

*8ª Alegria na Rua - Expansão Ágape
Horário: das 13h às 18h
Local: Praça Salim Lahud, s/nº
Contato: 94753-0396 (Marcelo)

*Projeto Mãos que Ajudam
Horário: das 10h às 16h
Local: Avenida Professor José Maria Alkimin, 1950 - Butantã
Contato: 94741-4247 (Fatima)

*Eventos não organizados pela SDTE


Tribulus Terrestre e Maca Peruana - Sabor Limão - Nutry Power

quarta-feira, 21 de outubro de 2015

Para APAS, manter juros altos prejudicará a economia em 2016

Cenário atual levará o país a um dos piores resultados de sua história, aponta APAS

A Associação Paulista de Supermercados (APAS) avalia que a decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central do Brasil (COPOM) em manter os juros básicos da economia (taxa SELIC) em 14,25% ao ano reflete o descompasso da política econômica do governo.

Por um lado, há a tentativa de reduzir os riscos de uma inflação mais elevada ao longo de 2016 e, ao mesmo tempo, buscar realizar o ajuste fiscal para sanar as contas e auxiliar no processo de desaceleração da inflação. Por outro, compromete a retomada da atividade econômica ao elevar a taxa básica de juros.

Conforme explicou o economista Rodrigo Mariano, gerente do departamento de Economia e Pesquisa da APAS, o risco é de que esta combinação de ajuste fiscal com elevação de juros possa agravar o quadro de recessão da economia brasileira. “Para 2016, a expectativa é de redução da taxa básica, que deve encerrar o período em 13% ao ano, o que ainda é elevado diante da necessidade de impulsionar a atividade econômica em busca da retomada do crescimento”, diz.

Mesmo diante do patamar da SELIC em 14,25%, a inflação continua afetando o poder de compra da população, impactando diretamente no consumo das famílias. Isso se refletiu em desaceleração no desempenho das vendas no varejo, incluindo o setor supermercadista, que registrou um dos piores desempenhos dos últimos 7 anos (de janeiro a agosto, a queda real nas vendas nos supermercados atinge 1,88%).

Segundo Rodrigo, é fato que a elevação da taxa de juros auxilia no controle do processo inflacionário. Porém, torna o crédito mais caro, inibindo o investimento produtivo, fator essencial para a retomada do crescimento, sem riscos de uma alta inflação.

A elevação dos juros, por meio de uma política monetária mais restritiva, traz impactos negativos no médio e longo prazos. “O custo desta política monetária contracionista tem se traduzido em uma perda do ritmo da atividade econômica, prejudicando ainda mais o crescimento econômico para 2015. A continuidade do aumento dos juros irá prejudicar, também, a atividade econômica em 2016”, afirma o gerente.

O impacto da taxa de juros possui um efeito que se propaga e que, de maneira defasada, atinge a economia em até seis meses. “Estamos falando de um impacto que ainda ocorrerá nos primeiros meses de 2016. Faz-se necessária uma coordenação mais alinhada entre a política fiscal e a política monetária adotada no Brasil, em que a preocupação deve ser a rapidez com que devem ser aprovadas as medidas de ajuste fiscal e a dosagem da política monetária que está sendo adotada”, completa.

Rodrigo esclareceu, ainda, que este cenário de alta de juros em um ambiente de inflação elevada e persistente, e de emprego e renda em queda livre, levará o país a um dos piores resultados do governo em toda a história no Brasil. “O crescimento do país na atual gestão do governo federal só não é pior que nos governos de Floriano Peixoto (1891 a 1894) e de Fernando Collor (1990 a 1992). Será este o preço pago por um período prolongado de desarranjos na política econômica do país”, finaliza.

Sobre a APAS – A Associação Paulista de Supermercados representa o setor supermercadista no Estado de São Paulo e busca integrar toda a cadeia de abastecimento. A entidade tem 1.260 associados, que somam mais de 2.830 lojas.


segunda-feira, 19 de outubro de 2015

SISTEMA DE ACESSO A BOLSA FAMÍLIA POR CELULAR

A Caixa Econômica Federal lançou, nesta segunda-feira (19), um aplicativo para facilitar o acesso de 13,9 milhões de famílias a informações do Bolsa Família. O lançamento faz parte das comemorações dos 12 anos do programa.

O aplicativo pode ser baixado gratuitamente em celulares com os sistemas Android, Windows Phone e IOS. Pela nova ferramenta, beneficiários do programa poderão verificar rapidamente a situação do seu benefício, o calendário de pagamentos e a rede de atendimento da Caixa.

As informações incluem os valores disponíveis para saque, data de retirada e últimas parcelas pagas. O beneficiário conta ainda com as opções Mensagem do Bolsa Família e Dúvidas Frequentes, que trarão informações sobre atualização de dados cadastrais e cumprimento de regras relativas à saúde e educação, por exemplo.

Quem não for beneficiário também poderá usar o aplicativo para consultar informações sobre o calendário de pagamentos, regras e condicionalidades do programa, e conferir a localização da rede de atendimento da Caixa, que conta com mais de 38 mil canais disponíveis, entre lotéricas, caixas eletrônicos, agências e a rede Caixa Aqui.

O Bolsa Família atende, atualmente, 13,9 milhões de famílias em todo o País. Considerado o maior programa de transferência de renda do mundo, é direcionado a famílias em situação de pobreza e extrema pobreza.

Nos últimos 12 anos, o programa vem garantindo aos seus beneficiários o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde.