Páginas

Assista nossos Programas

domingo, 20 de junho de 2010

Centro de Referência presta atendimento ao migrante

Conhecida como a terra das oportunidades, São Paulo recebe diariamente milhares de pessoas que saem de suas cidades em busca de empregos e de uma qualidade de vida melhor. Para atender às necessidades dessa população, a Secretaria Municipal de Assistência Social mantém, desde 2003, o Centro de Referência do Migrante e Adulto em Situação de Rua (CRM).


Localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, o equipamento, em parceria com a Coordenação Regional das Obras de Promoção Humana (CROPH), atende, em média, 1.300 pessoas por mês. O espaço conta com cinco assistentes sociais, que orientam os usuários sobre os mais diferentes serviços: saúde, assistência social, órgão de defesa do consumidor, documentação e defesa de direitos, entre outros. Dependendo do caso, se for comprovado que a pessoa se encontra em situação de risco e vulnerabilidade social, são oferecidos benefícios como albergues (desde que haja vaga), banho, alimentação e passes de ônibus e metrô.

"Cheguei a São Paulo e não tinha onde ficar. Procurei o serviço da Prefeitura e fui encaminhado para o Albergue Vivenda. Só tenho a agradecer", declara Alexandro Leite, que veio da Paraíba em busca de emprego. "Minha família foi beneficiada por vários serviços", conta Agnaldo Silva, que mora em São Paulo há dois anos.

Este equipamento, na capital da paulistana, só existe no Terminal Rodoviário do Tietê, mas também recebe demandas dos terminais Barra Funda e Jabaquara.

Serviço:

Centro de Referência do Migrante
Terminal Rodoviário Tietê
Horário: das 7h às 22h, diaria e ininterruptamente
Endereço: Avenida Cruzeiro do Sul, 1.800
Telefone: (11) 2251-1138